Início > Linux, Windows > Sistemas de arquivos ou File Systens

Sistemas de arquivos ou File Systens

domingo, outubro 25, 2009 - 11:56 Deixe um comentário Go to comments

Caros toda as explicações aqui são apenas básicas, eles servem para que voce tenha o conhecimento suficiente para a escolha do melhor sistema de arquivos para o seu computador residencial e também não tenho a pretensão de dizer qual seria a melhor escolha (isso só voce poderá dizer com base em testes)

O que é sistema de arquivos:

Sistema de arquivos é um conjunto de rotinas e estruturas que permite ao sistema operacional ter o controle do acesso aos dados nas unidades de armazenamento.

– Journaling (subst. diário) é a criação de um log com informações sobre os arquivos armazenados no disco como metadata(tamanho, dono e permissões) e as informações dos dados em si, metadadata não é o arquivo propriamente dito é apenas a informação estrutural do mesmo

– EXT3 é a terceira versão do sistema de arquivos EXT que é a mais utilizada hoje em dia, devido a sua maior segurança e ser a evolução do primeiro sistema de arquivos para linux o EXT, ele é considerado o mais seguro (me refiro a integridade dos arquivos) pelo fato do seu sistema de journaling armazenar as informações de metadados e dos dados com isso fazendo com que a recuperação dos dados caso haja um desligamento acidental seja mais eficiente, o sistema de journal do EXT3 possui três modos:

Ordered (padrão) – o journal é atualizado no final de cada operação de escrita, o que diminui o desempenho pelo fado da cabeça fazer a gravação dos dados duas vezes

Wirtebkack – ele armazena apenas informações referente a metadata, o que o tornar o mais rápido dos três modos, mais o torna o mais suscetível a falhas durante um processo de recuperação de arquivos

Journal – é o modo mais seguro e confiável do três (torno a lembrar que é somente a respeito da recuperação dos dados) devido ao fato dele armazenar as informações tando de metadada assim como informações sobre os dados que serão armazenados no disco é o modo que tem o menor desempenho dos três e é o menos utilizado.

– ReiserFS é um sistema de arquivos que tem como característica positiva a utilização de blocos dinâmicos, que nada mais é que to tamanho do bloco aonde o arquivo ira ficar é sempre igual ao seu tamanho (repere no seu computador a propriedade do arquivo e veja que há duas notações uma ao tamanho do arquivo e a outra do tamanho em disco) com o RiserFS isso não ocorre do arquivo ocupar mais espaço em disco do que o necessário, já que o tamanho de cada bloco é ajustado para que o arquivo não ocupe o mais espaço do que o necessário e uma característica negativa (que não pode faltar) é que ele dentre os outros sistemas de arquivos para linux é o que utiliza um maior percentual de processamento, pelo fato dos seus algorítimos serem um pouco mais complexos.

– XFS é um sistema de arquivos de grande desempenho principalmente para arquivos grandes, desenvolvido inicialmente para Unix e adaptado para o linux ele utiliza endereçamento de 64 bits (permite arquivos maiores e aumenta o desempenho do mesmo), possuir journal que grande uma grande velocidade na recuperação dos dados.

– JFS assim como XFS ele é um sistema de arquivos 64 bits ele tem como um característica interessante a capacidade de redimensionar as partições do sistema sem que o computador seja desligado, ele não é muito utilizado pelo fato dele ter um inicio um tanto quanto conturbado devido a grande quantidade de bugs que existia nele, que hoje já foram sanados

– FAT é um sistema de arquivos que foi desenvolvido pela Microsoft para o MS-DOS, que hoje só é utilizado por pen-drivers e outros discos de estado solido (SSD em inglês) como cartões de memória e é virtualmente suportado por todos os sistemas operacionais conhecidos.

– NTFS é o sistema de arquivos mais atual da Microsoft que foi desenvolvido para substituir o FAT devido a falta de segurança e pela sua limitação a reconhecer apenas discos com apenas 2 Gbs, ele assim como os sistemas de arquivos para o linux possui um sistema de recuperação de dados que aumenta as chances de voce recuperar os seus dados e ele teve uma serie de implementações de segurança como o permissões de acesso aos arquivos armazenados no disco.

Amplexos e até o próximo post

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Oque achou do texto?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: